Comunidade online: o que é + 8 dicas para ter a sua

Criar uma comunidade online leal e ativa é fundamental para impulsionar a fidelidade e o envolvimento com a marca, mas como? 8 dicas para você começar.

Construir uma comunidade online parece simples à primeira vista e chama atenção pelo sucesso a longo prazo. Parece como jogar no bolão, não é? Contudo, você precisa de uma estratégia para construir esse espaço virtual de relacionamento com seu público-alvo. 

Nos dias de hoje, a mescla de comunidade online e base de clientes é muito grande graças às maravilhas das vendas online e da mídia social. Segundo pesquisa da HootSuite, cerca de 4,66 bilhões de pessoas (59,5% da população mundial) têm acesso à internet, sendo 4,20 bilhões (mais de 53% da população) usuários ativos de redes sociais. 

As pessoas que compram seus produtos, escrevem comentários e recomendam o seu negócio a outras pessoas e formam uma grande comunidade de vendas online em vários canais. 

Essas pessoas não são apenas um grande grupo com excelente gosto (é claro!), mas também podem ser embaixadores incrivelmente valiosos. Portanto, é aconselhável oferecer, além de conteúdos interessantes, criar incentivos para a participação ativa em sua comunidade online. 

Segundo a 9ª edição da pesquisa “O Impacto da Pandemia de Coronavírus”, elaborada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Brasil, 57% das marcas usam a internet para vender e 78% estão nas redes sociais para aumentar a sua visibilidade online e interagir com o público. 

De grupos do Whatsapp, Telegram e Facebook, a seguidores do Instagram e fóruns de discussão, descubra o que é comunidade online, como construir e manter a comunidade online do seu negócio bem estabelecida.

O que é uma comunidade online?

Uma comunidade online é um grupo virtual onde pessoas com objetivos em comum, se reúnem em torno de tópicos, produtos ou carreiras para compartilhar ideias, fornecer dicas ou agir como mentores. 

Ao utilizar comunidades digitais é possível fazer uma segmentação de mercado, que segundo Kamineni (2005), é fundamental para a estratégia de marketing de determinada organização.

Você pode conversar com o seu vizinho na rua, no açougue ou no ônibus e, em comunidades online, os membros interagem por meio de redes sociais como Twitter, Facebook e Linkedin, fóruns, grupos de e-mail e até mesmo na seção de comentários de postagens de blogs e artigos de notícias.

  1. Crie conteúdo relevante e exclusivo

Antes de começar a criar uma comunidade online, você deve se perguntar: quais conteúdos exclusivos a comunidade pode ter? Defina benchmarks e veja se já existem fóruns com um foco semelhante. 

Em caso afirmativo, encontre a vantagem que o diferencia da concorrência e destaque-a claramente. O sucesso é sempre uma questão de estar atualizado. Seja mais rápido do que seus concorrentes quando se trata de encontrar um tópico e se destacar.

Talvez lhe interesse aprender: como estruturar conteúdo em grupos do WhatsApp

  1. Crie um regras de etiqueta online

Antes de iniciar uma comunidade online, você precisa definir sua chamada “netiqueta”, ou seja, regras de uso. Regras e diretrizes são importantes na Internet para fornecer uma estrutura para a discussão. 

Um tom de respeito precisa fazer parte da sua comunidade tanto quanto a livre troca de opiniões. Deixe as regras visíveis para que todos os usuários possam acessá-las a qualquer momento.

  1. Tenha moderadores para manter a ordem

No início a comunidade online pode ser pequena, mas não ficará assim por muito tempo. Os moderadores de conteúdo são indispensáveis ​​quando o número de membros aumenta. 

A sua principal tarefa é, por um lado, administrar o seu fórum e garantir um bom relacionamento. Além disso, os responsáveis ​​devem ser treinados para fazer a gestão comunitária e responder de forma adequada às sugestões e críticas. 

  1. Otimize sua comunidade para mecanismos de pesquisa

A otimização do mecanismo de pesquisa (SEO) certamente garante que o conteúdo da sua comunidade seja encontrado pelo Google e companhia. Metatags, uma descrição de site e palavras-chave otimizadas são partes integrantes de qualquer estratégia de SEO. Ferramentas como o Google Keyword Planner que ajudam a criar uma lista de palavras-chave relevantes. 

  1. Divulgue em redes sociais 

Mesmo que a sua comunidade online não seja baseada em uma rede social, é aconselhável estar presente. Por exemplo, anuncie sua plataforma como uma página de fãs no Facebook, desenvolva novos grupos-alvo usando o mecanismo de grupos. Ou no Twitter, os tópicos mais recentes para atrair novos usuários. 

Os grupos do LinkedIn também oferecem potencial para vender. Se agora você ativar os contatos e grupos de interesse para os quais sua comunidade pode ser relevante, nada impedirá uma troca animada. 

Nossa dica: faça perguntas aos membros, responda o mais rápido possível, esteja disponível e participe ativamente das discussões. As comunidades digitais vivem da troca pessoal. 

Se você tiver funcionários, eles também podem atuar como excelentes embaixadores da marca. Às vezes, um comentário amigável aqui, uma saudação aos clientes ou uma olhada nos bastidores é sempre bem recebido. 

  1. Tenha um design compreensível

Ao configurar uma rede online, não só o conteúdo, mas também a aparência são decisivos para o sucesso. Estruturas claras e um design claro não são apenas fáceis de usar, mas também convidam você a permanecer na plataforma.

Deixe sua identidade corporativa fluir, por exemplo, com banners e logotipos, para aumentar o valor do reconhecimento. Você também pode colocar um link nas páginas da sua comunidade que se refere ao seu site, à loja online ou aos seus canais de mídia social. Isso dá a seus clientes ainda mais oportunidades de manter contato com sua empresa.

  1. Acompanhe seu sucesso

Comportamento do usuário, número de cliques, tempo de permanência: essas métricas e indicadores de sucesso podem ser convertidos em números concretos na análise da web. 

A análise dos dados revela como as pessoas interagem com sua marca. Como operador da comunidade, você deve definir os índices relevantes antes de começar e coletá-los regularmente. 

Por exemplo: os membros da minha comunidade devem crescer em 100 usuários por mês. A melhor maneira de acompanhar o desenvolvimento é com uma ferramenta de análise adequada. Mas seja paciente: sua comunidade é um projeto de longo prazo. Isso não acontece durante a noite. 

  1. Ganhe dinheiro

Sua comunidade cresceu e tem uma alta taxa de interação? Muito bem! Então agora você pode começar a monetizar o seu grupo. Mas tenha cuidado: a publicidade que é muito visível afastará até o mais fiel dos usuários. 

A maneira como os usuários tendem a aceitar publicidade mudou. Eles preferem publicidade com base no que consomem. Se os anúncios adequados se encaixarem perfeitamente nas contribuições editoriais, eles podem oferecer um valor agregado real. 

A magia da comunidade online

Quando se trata de criar uma comunidade online, a palavra mágica é: singularidade. Tudo começa com a criação de conteúdo exclusivo e legal. 

Ofereça regularmente postagens interessantes e úteis ao seu público. Anuncie para o público em todas as oportunidades que você tiver, mas cuidado para não pecar pelo excesso.

Além de regulamentações democráticas e bons moderadores, uma boa comunidade deve oferecer valor agregado para o usuário. 

Mesmo que você não seja um pioneiro em seu campo, ainda pode oferecer uma comunidade online que difere de outras em aspectos importantes.

Esperamos que graças às ações e ferramentas propostas, o número de inscritos e a atividade no grupo possam aumentar de maneira gradual. Se você fizer tudo certo, é possível ter um crescimento acelerado.

Se você deseja começar a gerenciar uma comunidade online, podemos lhe ajudar com as ferramentas ideais para engajar a sua audiência com conteúdos de qualidade através de grupos do WhatsApp e Telegram. Comece hoje mesmo!

Artigos recentes

Gestão de negócios digitais: como fazer seu negócio decolar?

Saiba o que é empreendedorismo digital, conheça suas vantagens, e confira 7 dicas de gestão de negócios digitais para sua empresa decolar.

Como abrir um negócio lucrativo com pouco dinheiro? + 6 dicas

Descubra como abrir um negócio lucrativo com pouco dinheiro a partir de 6 dicas e confira algumas ideias incríveis para se inspirar.

O que é YOLO economy? Como ela tem impactado o mercado?

Entenda o que é YOLO economy, os impactos dessa filosofia de “só se vive uma vez” no mercado e a relação com o pós pandemia.

Pronto para começar?

Vamos começarPreços