Como definir o preço do meu grupo

Definir o preço ideal do seu grupo é um fator essencial para o sucesso do seu grupo. Saiba como precificar o seu serviço.

Saber precificar seu produto e como irá vendê-lo é muito importante. Isto é, a fim de maximizar suas vendas e aumentar participação no mercado é preciso definir o modelo correto de venda para o seu grupo de WhatsApp ou de Telegram.

Desse modo, é necessário decidir quanto irá cobrar pelo seu grupo pago e o modelo de venda dele.

Como definir preço

Existe um preço ideal para o seu grupo pago, isto é um valor não tão alto que desmotive o seu consumidor, e elevado o suficiente para valorizar o seu trabalho e gerar lucro. Ainda, é necessário pagar todas as despesas, ter um lucro e manter preço no padrão do mercado.

Importante: várias pessoas tendem a cobrar muito pouco ou até nada pelo seus grupos. Isso é um erro fatal. O valor que as pessoas colocam em seu produto está diretamente relacionado ao investimento financeiro que fazem. Ou seja, se você cobra um valor muito baixo, as pessoas automaticamente irão levar seu produto menos a sério e engajar menos com seu conteúdo. O valor mínimo que recomendamos é de R$59. Obviamente, existem exceções. Mas é um valor mínimo seguro para que as pessoas interajam de maneira eficaz com seu conteúdo, levem seu grupo a sério e dediquem a realizar qualquer desafio proposto. Deste modo, o objetivo do grupo tem maior chance de ser alcançado pela maioria de seus clientes e, consequentemente, maior chance deles divulgarem e recomendarem seus grupos para amigos, família, etc.

Para definir esse preço ideal, é preciso realizar estudos simples. Estes são:

1) Calcule as despesas que terá para produzir o conteúdo do seu grupo.

Pense nos custos que teve para produzir o material do grupo, comissão de vendas, custo do seu serviço e da sua equipe, caso tiver uma, impostos, etc.

Logo, separe esses custos em fixos e custos variáveis.

Custo fixo: independe da quantidade de vendas. Exemplo: mão de obra necessária para a produção de conteúdo, aluguel, internet, etc.

Custos variáveis: dependem do volume de venda. Exemplo: quantidade de emissões de boleto, comissões, taxas bancárias, etc.

2) Defina uma margem de lucro.

A margem de contribuição é a diferença do valor da venda e do valor das despesas e de custos específicos do seu serviço.

undefined

Assim, é preciso estabelecer a porcentagem de lucro que terá com a adesão de cada participante em seu grupo pago. Por exemplo, defina 20% de lucro em cima de cada adesão.

3) Estude o mercado

É importante estar dentro do padrão de preço do mercado. Para isso, saiba quanto os seus concorrentes estão cobrando por um serviço semelhante ao seu. É interessante saber: quantas vagas, por quanto e para quem vende.

Com isso, você será capaz de comparar o seu produto com o do seus concorrentes, e ter uma noção de qual caminho seguir.

Observação: Em breve, você terá uma calculadora inteligente na ChatPay. Nela você poderá preencher o valor do seu grupo e a quantidade estimada de pessoas que irão aderir para calcular o faturamento de seu grupo usando a plataforma!

4) Intuição

Essa é a etapa mais importante para definir o preço do seu grupo. Você precisa se perguntar qual o valor do seu grupo e qual o real valor entregue por ele.

Para isso, tente responder às seguintes questões:

Quanto seu conteúdo vai impactar a vida das pessoas?

Vai ajudá-los a conquistar o que? A ganhar dinheiro? A atingir um objetivo significante em sua vida?

Se você vai ensinar uma habilidade que tem o potencial de mudar a vida financeira da pessoa, um investimento de 80 reais parece barato. Por isso, é de extrema importância que você saiba vender o valor de seu grupo e assim justificar um preço mais elevado. Desse modo, reflita sobre o conteúdo entregue e disponibilizado no seu grupo. Não tenha medo de elevar o preço, saiba o real valor para precificá-lo de maneira apropriada.

Confira aqui com o criar uma página de vendas que converte.

Métodos de cobrança

Após definir o preço, é preciso estabelecer se será uma única cobrança ou um plano de assinaturas.

• Cobrança única

Grupos com data para término geralmente cobram pela participação no grupo pago uma só vez. E, caso outro grupo semelhante seja criado pela mesma pessoa, se um consumidor quiser repetir a participação basta pagar novamente.

Exemplos de segmentos que criam grupos de cobrança única: fitness, coach, astrologia, etc.

• Planos de assinaturas

Os grupos recorrentes, isto é, que não tem data para acabar e produzem conteúdo frequentemente, costumam usar o sistema de plano de assinaturas para a cobrança. O faturamento desses grupos aumenta mensalmente, e podem ser criados planos com maiores fidelidades e oferecer desconto nesses.

Plano mensal: cobra um valor padrão todos os meses, mas o participante pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Plano trimestral: cobra um valor previamente determinado e, geralmente, com um desconto em relação ao valor padrão. Ainda, garante a fidelidade do cliente por 3 meses, a assinatura é renovada a cada 3 meses, caso o cliente não troque o plano.

Plano semestral: mesma lógica do trimestral, mas em relação a 6 meses.

Plano anual: mesma lógica do trimestral, mas em relação a 1 ano.

Recomenda-se que a medida que o plano “aumente” o desconto seja maior.

Exemplos de segmentos que criam grupos pagos com planos de assinaturas: mercado financeiro, games, aulas regulares, etc.

Plataforma de cobrança

Depois de definir o preço e a recorrência de cobrança do seu grupo pago, para a participação no seu grupo pago, você deve decidir o mecanismo que irá cobrar pelo seu serviço. Deve-se levar em consideração fatores como a segurança, a comodidade, a administração de entrada e saída dos participantes e o gerenciamento financeiro.

Existem algumas formas de cobrar pelo seu grupo de WhatsApp ou Telegram. A mais recomendada é a ChatPay.

ChatPay

A ChatPay foi criada para facilitar a venda do seu grupo. Nela você é capaz de criar uma página de vendas personalizada e cobrar pelo seu grupo de WhatsApp ou de Telegram com segurança e comodidade. Isso, pois possui um sistema de pagamento completo.

A cobrança é feita de maneira automática e os participantes são adicionados e removidos de maneira inteligente pelo programa. Ou seja, não é possível entrar sem pagar, nem mais de uma pessoa entrar pelo mesmo link.

Assim, você não tem o trabalho e nem desperdiça o seu tempo com burocracias financeiras ou com a administração de participantes. Sobra tempo para criar e divulgar o conteúdo do seu grupo.

Para saber mais sobre monetizar com grupos, baixe o nosso e-bookcom dicas de sucesso para criar e alavancar o seu grupo pago.

Artigos recentes

Gestão de negócios digitais: como fazer seu negócio decolar?

Saiba o que é empreendedorismo digital, conheça suas vantagens, e confira 7 dicas de gestão de negócios digitais para sua empresa decolar.

Como abrir um negócio lucrativo com pouco dinheiro? + 6 dicas

Descubra como abrir um negócio lucrativo com pouco dinheiro a partir de 6 dicas e confira algumas ideias incríveis para se inspirar.

O que é YOLO economy? Como ela tem impactado o mercado?

Entenda o que é YOLO economy, os impactos dessa filosofia de “só se vive uma vez” no mercado e a relação com o pós pandemia.

Pronto para começar?

Vamos começarPreços